Connect with us

A Verdade do Evangelho e o Desafio da Cultura

Sem categoria

A Verdade do Evangelho e o Desafio da Cultura

Uma das maiores necessidades da Igreja hoje é o de estar identificando os desafios que o mundo nos apresenta e, assim, procurar manter uma mensagem que seja relevante e que consiga alcançar tais desafios de maneira satisfatória.

No que diz respeito à relação entre Cristo e a Cultura, muitos desafios são colocados diante da Igreja e ela, como tal, precisa aprender a identificar tais desafios e sobre eles agir. O seu desafio quanto a este aspecto, é o de estar procurando restaurar a vida e a cultura que foram manchados pelo pecado e que agora precisam de uma restauração definitiva. E isto só pode ser feito por meio da mensagem da graça de Deus, e é aqui que a Igreja lança mão desta mensagem procurando apresentá-la de maneira efetiva e satisfatória.

O que sabemos é o que a mensagem bíblica nos ensina, que apesar da queda e da necessidade humana da redenção, os povos e a criação como um todo, possuem algo que ainda reflete a graça da imagem e da semelhança de Deus. O que vemos em todos os povos é que existem coisas boas em suas culturas como também coisas más. Em todas as diversas culturas do mundo há pessoas com senso de justiça, bondade, etc., e tudo isso reflete a graça comum do Criador.

Porém, se a Igreja quiser atuar de maneira relevante, procurando responder satisfatoriamente os desafios da relação entre Cristo e a Cultura, ela precisa identificar que todas as pessoas, bem como todos os povos do mundo, carecem da salvação e da libertação que só se pode encontrar em Cristo Jesus. O mundo necessita do evangelho, das boas-novas do Reino de Deus, pois é o poder do evangelho que faz com que as pessoas sejam transformadas e o bom de suas culturas se torne melhor. Faz do bom cidadão um cidadão ainda melhor. Faz do bom estudante ou professor, um professor ou estudante ainda melhor. Àqueles que são indiferentes e neutros, o evangelho tem o poder de torná-los bons e úteis. O evangelho rejeita aquilo que é mal e transforma-o em bem, e dessa forma ele consegue alcançar o mundo inteiro nesse seu projeto de restauração da criação.

O projeto de Deus é o de estabelecer e consolidar o seu Reino aqui neste mundo, e é por isto que vemos Ele atuando poderosamente na história e nas culturas deste mundo, desejando transformar as pessoas e suas relações humanas, para que estas reflitam mais e mais a vida de Cristo.

Como evangélicos, nossa tendência tem sido a de subestimar ou rechaçar a nossa cultura. Com muita frequência adotamos uma atitude e uma mentalidade provinciana que nos separam de nossas comunidades, sociedades e culturas. Infelizmente, temos compreendido o conceito negativo e pecaminoso de “mundo” com nossas culturas, relacionando-nos com elas de uma maneira antagônica e negativa, achando que Cristo se opõe à cultura. Porém, ao contrário disso, o que vemos na mensagem bíblica é que não é objetivo divino que venhamos a menosprezar as diversas manifestações culturais existentes no mundo mas que, identificando os pontos positivos de uma determinada cultura, conservemos aquilo que lhe é bom e restauremos aquilo que é mau.

O pecado é uma poderosa realidade presente na vida das pessoas e das culturas, porém, a graça de Deus está presente em todas elas. Existem, portanto, certas coisas que evidenciam as marcas de Deus nas culturas e na criação. Cristo precisa ser apresentado pela Igreja como o único caminho de salvação e transformação das pessoas e das culturas: Cristo acima da cultura, mas dela participando ativamente a fim de transformá-la.

Continue Reading
Veja também...

Capacitando e Desenvolvendo Pessoas Para o Pleno Exercício de suas Potencialidades

Click para Comentar

Deixe um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Sem categoria

Facebook

Destaques:

To Top