Connect with us

A Importância da Ética Cristã

Sem categoria

A Importância da Ética Cristã

Para que é salvo o pecador? Será, por acaso, para a vida de ascetismo que o isola do mundo, do próximo, da sociedade e o volta exclusivamente para Deus, em contemplação mística com Ele, alienado da realidade temporal e social, e concentrado no ideal da perfeição de uma vida futura no além-túmulo?

Será que o pecador é salvo para isolar-se do mundo? Para voltar-se para si mesmo numa forma de egocentrismo nobre, a fim de aniquilar o mal no seu coração e fazer refletir nele o bem, a pureza, a fé, a esperança, o amor? Ou deve o redimido preocupar-se menos com a “vida eterna” e mais com o presente século, com a sociedade humana, com as transformações das estruturas da comunidade, a fim de ver implantado o Reino de Deus no mundo?

Essas poucas perguntas ilustram a importância da Ética Cristã, cujo objeto é a conduta do discípulo de Cristo. Como o comportamento do cristão pode ser e tem sido interpretado de diferentes maneiras, com resultados diversos, ora bons, ora maus, torna-se evidente a tremenda relevância da Ética para a vida da Igreja. É a Ética Cristã que impulsiona a ação daquele que é servo de Cristo, e que, à semelhança de seu Mestre, precisa servir e testemunhar o Reino de Deus ao mundo.

Ética Cristã é a reflexão disciplinada sobre a pergunta: “que é o que eu, como crente em Jesus Cristo e membro da sua Igreja, cidadão do Reino dos Céus, devo fazer?” Como devo refletir o estilo de vida que marca a vida de quem está no Reino de Deus? O que devo fazer como cristão? Até onde é possível imitar e reproduzir o que Deus fez e continua fazendo em Jesus Cristo no sentido de libertar o homem do cativeiro do mal e reconduzi-lo à condição de verdadeira e autêntica humanidade para a qual fora destinado pelo Criador?

A Ética Cristã é predominantemente social e não individualista. E isso é o resultado natural do cristão que agora faz parte da nova comunidade criada por Deus, que é a Igreja, o Corpo de Cristo, a Comunhão dos Santos. Deus é amor e age sempre movido por ele. A vontade de Deus, segundo nos ensina Jesus, se resume em amor a Deus e amor ao próximo. Sendo assim, fica excluída para o cristão qualquer possibilidade de narcisismo, egocentrismo e individualismo. O autêntico seguidor de Cristo pensa primeiramente nos outros e não em si.

Continue Reading
Veja também...

Capacitando e Desenvolvendo Pessoas Para o Pleno Exercício de suas Potencialidades

Click para Comentar

Deixe um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Sem categoria

Facebook

Destaques:

To Top