Connect with us

A Crise Educacional do Brasil

Sem categoria

A Crise Educacional do Brasil

Pesquisa realizada com 96 mil adolescentes de todo o Brasil, que são alunos tanto da rede pública de ensino quanto da particular vêm demonstrar o triste quadro educacional que o nosso país está vivendo já algum tempo. Nessa pesquisa, vários dados sobre a realidade educacional de nosso país são exemplificados pelos próprios adolescentes, de onde podemos tirar algumas conclusões e sugestões significativas que podem auxiliar em muito a solução do problema educacional no Brasil.

A primeira é a conclusão de que o processo de aprendizagem tem sido grandemente prejudicado por causa do descaso de alguns professores com a sua tarefa de ensinar. Alguns estão realizando o trabalho de educar com enorme má vontade, demonstrando total desinteresse pelo processo de ensino-aprendizagem dos alunos, seja nas escolas da rede pública e, até mesmo da rede particular. Esta má vontade de exercer o ofício de educador por parte de alguns, manifesta-se mais profundamente na rede pública de ensino, pois ali os professores não se sentem na “obrigação” de cumprir suas responsabilidades. Sua filosofia é a seguinte: “Se é o do governo, não tenho porque me preocupar.” A coisa se torna mais intensa quando o mesmo professor toma esta postura de descaso com o ensino público e valoriza o ensino particular, por ali oferecer melhor ambiente de trabalho, etc.

Alguns desses professores fundamentam-se no argumento de que a culpa dessa incompetência como professores se deve ao descaso do governo com a classe. É claro que este argumento em parte pode ser válido, mas não de todo, pois, como sabemos, o professor é aquele que se dedica com amor à tarefa de construir vidas. Entretanto, não devemos somente achar que somente os professores ou o governo são o grande responsáveis pela falácia do ensino no Brasil. Os próprios adolescentes classificam-se também como os grandes responsáveis por essa degeneração educacional coletiva. Segundo a pesquisa, muitos adolescentes consideram-se desinteressados pelo aprendizado nas escolas, não dando a mínima para a sua formação educacional. Decorrente a isso, vai se agravando mais ainda a pobreza do processo de ensino-aprendizagem nas escolas públicas e particulares.

O processo educacional brasileiro deve ser exercido segundo os princípios pedagógicos, gerenciais e relacionais com base num Projeto Político-Pedagógico. Para aqueles que estudam na rede pública, o que está faltando é o melhor exercício dos princípios gerenciais na condução da escola. Essa é a razão de termos em o nosso país tantas escolas públicas em péssimas condições de trabalho, isso no que diz respeito à estrutura física das mesmas. Mas não são somente os princípios gerenciais que estão deixando a desejar na escola pública (ele é o maior), os princípios pedagógicos e relacionais também se manifestam.

Para aqueles que estudam na rede particular, o que está deixando muito a desejar, é o exercício correto de princípios pedagógicos e relacionais nessas escolas. É claro que os princípios gerenciais também tem uma parcela nisso, porém, em menor grau.

Na pesquisa pode-se constatar também que, entre muitos adolescentes, há o desejo de que haja mais respeito mútuo (entre os direitos dos professores e dos alunos), mais diálogo aberto com os responsáveis pelo ensino nas escolas, e melhorias na qualidade de ensino em nosso país.

A conclusão a que chegamos é que há solução para a crise do ensino no nosso país. A mesma reflete o pensamento, que surge a partir de uma identificação pessoal com o problema, daqueles que estão vivendo esta triste realidade. Cremos que já e hora de pararmos para ouvir aqueles que estão vivendo amargamente com esta situação (e já há muitos anos), e tomarmos uma postura de co-beligerância com eles na luta pela qualidade de vida em nosso país, pois qualidade de ensino reflete qualidade de vida. Aos governantes, basta relembrar-lhes que a solução deste problema só depende de vontade política, pois há condições de melhorarmos esta triste realidade brasileira que envergonha tremendamente esta nação.

Continue Reading
Veja também...

Capacitando e Desenvolvendo Pessoas Para o Pleno Exercício de suas Potencialidades

Click para Comentar

Deixe um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Sem categoria

Facebook

Destaques:

To Top